Atendimento de Segunda
a Sexta das 9h as 19h
(46) 3536-7272
Rua Inês Pinzon, 553
Dois Vizinhos - PR
BLOG

Os benefícios da osteopatia no tratamento da dor

Autor: Dra. Maiara S. Pimentel,   Data Criação: sexta-feira, 15 de junho de 2018    

A novidade é uma especialidade da fisioterapia que usa manobras manuais para devolver a mobilidade dos tecidos do organismo, como músculos e ossos.

Com a rotina diária e abuso da “nossa máquina”, chamada corpo humano, a dor se tornou uma das queixas mais frequentes, em qualquer área da saúde. Alertar a população sempre que algo pode ser feito para sanar este incômodo sem uso de remédios é de suma importância. A novidade, neste caso, na área da Fisioterapia é a Osteopatia. Trata-se de uma especialidade da fisioterapia que usa manobras manuais para devolver a mobilidade dos tecidos do organismo, como músculos e ossos.

Ainda pouco conhecida pelo público, a especialidade foi criada pelo Médico Andrew Taylor Still durante a Guerra Civil Americana, no fim do século XIX. Still observou que as patologias possuíam relação com as manifestações físicas do corpo. A Osteopatia age na falta de mobilidade de algum tecido usando manobras manuais para devolver mobilidade à área prejudicada. Tal mobilidade reduzida coloca o organismo em desequilíbrio, podendo causar diversas disfunções.

“Um dos seus princípios é a unidade do corpo, ou seja, tudo no corpo está interligado. Se um osso, víscera ou músculo estiver com alguma alteração, isso vai gerar repercussões em vários outros tecidos e sistemas”, explica a especialista Marina Valladão.

A Osteopatia é uma ciência que se vale das mãos para promover o alívio imediato de qualquer tipo de dor. O método se vale de ferramentas precisas para auxiliar o corpo a se auto curar. Para Still, “o corpo humano possui a farmácia de Deus”. Uma vez que o corpo humano tem suas próprias substâncias curativas, basta observar que a quase totalidade das pessoas já passaram por algum tipo de trauma físico e após alguns dias, mesmo sem nenhum tipo de tratamento, o corpo conseguiu se restabelecer.

Tratamento
O tratamento é feito de forma individualizada e cada paciente será atendido conforme sua necessidade. É realizada uma avaliação minuciosa através de entrevista, exame físico, testes osteopáticos para detectar a causa mecânica da dor.

Indicações
A Osteopatia possui inúmeros benefícios e já tem a sua própria identidade e lugar estabelecido na área da Saúde, sendo já reconhecida e incentivada pela Organização Mundial de Saúde.
Abaixo listei algumas indicações em que considero que a Osteopatia produz resultados mais rápidos e eficazes:

– Dor nas costas (lombalgia);
– Dor no pescoço (cervicalgia);
– Hérnia discal e/ou dor ciática;
– Dor de cabeça (cefaléias);
– Torcicolo;
– Tendinite;

– Problemas do foro pediátrico como transtornos do sono, nervosismo, otites, bloqueio do canal lacrimal, refluxo, cólicas, gases, constipação, plagiocefalia ou cabeça plana;

– Tonturas;
– Constipação;
– Hérnia de hiato;
– Dismenorreia (dor na menstruação)

Mundo

Na Inglaterra a Osteopatia é categorizada como uma profissão, com curso de graduação; nos EUA é uma especialidade da medicina e, no Brasil, pertence à fisioterapia. Em uma Clínica Osteopática, além dos métodos da especialidade é missão dos profissionais auxiliarem os pacientes a adotarem uma melhor qualidade de vida, educando-os sobre exercícios, cuidados de saúde e estilo de vida.

Como fisioterapeuta acredito que, uma das causas de problemas físicos está ligada ao fator bioquímico, influenciado diretamente pela alimentação. Um paciente que se alimenta mal, facilmente terá problemas intestinais, problemas de circulação, refluxos, dentre outros.

Fonte: http://fisioterapia.com

  Tags: #osteopatia #TratamentoDaDor  


© Copyright 2019 HARMONY
Todos os direitos reservados
Desenvolvido por
Grupo Mar Virtual